Conferência Livre de Comunicação em Saúde discute ações de defesa ao SUS

Evento foi realizado na Escola de Enfermagem da UFRGS Evento foi realizado na Escola de Enfermagem da UFRGS Foto: Douglas Roehrs / Sindjors

A Conferência Livre de Comunicação em Saúde, que teve como tema Saúde das Mulheres e Democracia, aconteceu na sexta-feira, dia 7, na Escola de Enfermagem da UFRGS. Realizado no Dia Mundial da Saúde e Dia Nacional dos Jornalistas, o evento reuniu quase 150 pessoas e teve como principal ponto de discussão a formação de uma rede de ações de comunicação para a defesa do SUS.

 

“O SUS está ameaçado no atual governo. Estamos fazendo uma contraposição ao discurso negativo da mídia hegemônica”, destacou a presidenta do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (COMDIM/Poa), Vera Daisy Barcellos, na mesa de abertura.

 

“Estamos vendo ataques às políticas públicas, entre elas o Sistema Único de Saúde”, afirmou o presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Rio Grande do Sul (SERGS), Estêvão Finger. Segundo ele, os profissionais da saúde têm o dever de dialogar com a sociedade e procurar os veículos de comunicação alternativos para mostrar o lado positivo e necessário do SUS, já que a grande maioria da população é pautada pela mídia tradicional, que tem interesse na privatização da saúde.

 

Além de Vera Daisy e Finger, participaram da abertura do evento a diretora da Escola de Enfermagem, Gisela Maria Souto de Moura; a representante da Federação dos Trabalhadores em Saúde, Margarete Resmini; e o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do RS (SINDJORS), Milton Simas. “Foi um trabalho intenso nos últimos dias, que demonstrou unidade dos movimentos sociais”, reforçou Simas, sobre a organização da conferência.

 

Presidente do SINDJORS, Milton Simas, discursou na abertura Foto: Douglas Roehrs / SINDJORS

 

As palestrantes da tarde foram Neusa Heizelmann, enfermeira do Coletivo Feminino Plural; Cristiane Famer Rocha, docente na Escola de Enfermagem da UFRGS; Nelci Dias da Silva, enfermeira e conselheira do Coren-RS; Mariana Sales, jornalista de Salvador; Renata Pekelman, médica do Grupo Hospitalar Conceição; Inara Claro, jornalista da Feessers; Gilmara Gil, jornalista da Sociedade Brasileira de Coluna; e Neusa Ribeiro, jornalista e docente da Feevale.

 

A partir deste evento, surgiram encaminhamentos para a I Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde, que está sendo chamada pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) para ocorrer entre os dias 18 a 20 de abril, em Brasília, no Distrito Federal.

 

Entidades apoiadoras da edição gaúcha

Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS (SINDJORS), através do seu Núcleo de Gênero e Diversidade; Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres (COMDIM/POA); Observatório da Violência Obstétrica no Brasil (projeto de extensão da UFRGS); Regional da Rede Feminista de Saúde; Sempre Mulher Instituto de Pesquisa e Intervenção sobre Relações Raciais Regional RS; Coletivo Feminino Plural; Sindicato dos Enfermeiros do Rio Grande do Sul (SERGS); Conselho Regional de Enfermagem (Coren-RS); e Federação dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul (FEESSERS).

 

Imprensa / Sindjors

Última modificação em Terça, 11 Abril 2017 13:43

Imposto Sindical - GRCSU

 

Mensalidades do Sócio - Pagamento de Mensalidade SINDJORS

Subir