Defesa Chaparini

Servidores da Fundação Piratini fazem assembleia para decidir se paralisam no dia 28 de abril

Reunião será feita no pátio das emissoras Reunião será feita no pátio das emissoras Foto: Douglas Roehrs / Sindjors

Os funcionários da Fundação Piratini vão decidir, na próxima segunda-feira, dia 24, às 15h, se vão aderir à Greve Geral de 28 de abril. Com mediação dos sindicatos dos Jornalistas e dos Radialistas, a assembleia geral extraordinária será realizada no pátio das emissoras TVE e FM Cultura.

 

Para que os servidores participem da greve é necessário que dois terços dos presentes na reunião votem a favor, independentemente do quórum. A regra visa priorizar o caráter representativo respeitando o interesse da maioria.

 

A proposta de paralisação se dá pela necessária participação no movimento nacional organizado para impedir as reformas que vão atingir diretamente os trabalhadores e as trabalhadoras de todo o país.

 

Imprensa / Sindjors

Imposto Sindical - GRCSU

 

Mensalidades do Sócio - Pagamento de Mensalidade SINDJORS

Subir