Defesa Chaparini

Instituto Histórico e Geográfico do RS comemora 97 anos com evento na próxima quinta-feira

Sérgio da Costa Franco receberá o título de Membro Honorário Sérgio da Costa Franco receberá o título de Membro Honorário Foto: Divulgação

O Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul (IHGRGS) comemora, na próxima quinta-feira, dia 10, das 15h às 18h, seu aniversário de 97 anos. Na solenidade, que ocorre no teatro do instituto (Riachuelo, 1317, 3º andar), será concedido o título de Membro Honorário para Sérgio da Costa Franco, com saudação do homenageado pelo presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Jaguarão, Eduardo de Souza Soares.

 

A atividade também contará com as palestras O trabalho de Eduardo Duarte no Departamento de História Nacional do Museu Júlio de Castilhos (1925-1935), de Ana Celina Silva, e Eduardo Duarte: figura-chave na construção da rede de colaboração institucional de apoio à História no Rio Grande do Sul (século XX), de Jefferson Teles Martins.

 

Além disso, serão empossados como membros pesquisadores Ana Carolina Gelmini de Faria, Ana Celina Silva, Carla Renata de Souza Gomes, César Andre Luiz Beras, Éverton Quevedo, Jefferson Teles Martins, Gabriel Santos Berute, Marlise Maria Giovanaz e Pedro Câncio da Silva. Bruno José Queiroz Ceretta e Caio Lustosa serão empossados como membros colaboradores.

 

“Este é um momento muito importante, estamos às vésperas do centenário da instituição cultural mais antiga em funcionamento ininterrupto do Rio Grande do Sul, que deu origem a diversos institutos históricos que funcionam no Estado”, pontua o presidente do IHGRGS, Miguel Frederico do Espírito Santo.

 

Sobre o IHGRGS

 

Fundado em 5 de agosto de 1920, o IHGRGS é uma instituição privada sem fins lucrativos que tem por finalidade promover estudos e investigações sobre História, Geografia, Arqueologia, Filologia, Antropologia e campos correlatos de conhecimento, principalmente centrados no Rio Grande do Sul. Preserva a memória gaúcha através de fundos documentais e acervos bibliográficos que servem, também, para embasar as investigações e a construção de massa crítica sobre seu objeto de trabalho. Sua biblioteca conta com mais de 100 mil volumes, destacando-se os arquivos de Visconde de São Leopoldo, Visconde de Pelotas e Borges de Medeiros.

 

Imprensa / Sindjors

Imposto Sindical - GRCSU

 

Mensalidades do Sócio - Pagamento de Mensalidade SINDJORS

Subir