Banner do topo

SINDJORS discute jornalismo de resistência em seminário realizado na Redenção

Atividade integra o Fórum das Resistências Atividade integra o Fórum das Resistências Foto: Douglas Roehrs / Sindjors

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS (SINDJORS), com apoio da CUT-RS e do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (COMDIM/POA), realizou o seminário Jornalismo de Resistência: Profissional, Ético e Comprometido com a Democracia, na manhã desta sexta-feira, dia 20, na Redenção. A atividade, que integra a programação do Fórum Social das Resistências, abordou a violência contra a categoria, a democratização da mídia e o modo como a imprensa lida com questões relacionadas ao machismo e ao racismo.

 

“A gente não pode, quando é alvo de violência, se omitir. Temos que ir adiante, comunicar. Se deixarmos passar em branco, o agressor continuará tentando nos intimidar, cercear o nosso trabalho. Queremos plena liberdade para o exercício de nossa profissão e o fim da impunidade”, ressaltou o presidente do SINDJORS, Milton Simas, após apresentar os dados do último Relatório da Violência contra Jornalistas e Liberdade de Imprensa.

 

Conforme a publicação, foram registrados 161 casos de violência contra a categoria em 2016, 24 a mais do que os 137 casos de 2015. O levantamento da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), feito em parceria com os Sindicatos de Jornalistas, aponta um crescimento de 17,52% no número de casos de agressões de um ano para o outro.

 

Celso Schröder, que compõem a diretoria da FENAJ e o Conselho Fiscal do SINDJORS, salientou a importância da democratização da mídia: “A luta pela democratização da comunicação é essencialmente a luta pela democratização do jornalismo. A disputa e a manipulação estão se dando quase exclusivamente no âmbito do jornalismo”.

 

A diretora do SINDJORS Márcia Martins, que integra o Núcleo de Diversidade e Gênero, falou sobre a divulgação do feminicídio na mídia e lembrou o recente caso do atirador que matou 12 pessoas durante festa de réveillon. “Entendo que precisamos aprender mais sobre feminicídio. Entendo, principalmente, que precisamos aprender mais sobre amor”, falou Márcia.

 

A jornalista Jeanice Ramos, do Núcleo de Jornalistas Afrobrasileiros, pediu por uma mídia que dê espaço para negros, principalmente para as mulheres negras: “Os negros são excluídos. Eles precisam ter acesso à informação, chegar à verdade”.

 

O evento foi encerrado com a leitura de contribuições do público para a carta de proposições do Fórum das Resistências.

 

Imprensa / Sindjors

Última modificação em Sexta, 20 Janeiro 2017 14:54

Notícias - Tags

3º Congresso Nacional Extraordinário de Jornalistas (CONEJ) 20 impactos da reforma trabalhista para jornalistas 21º Encontro Nacional de Jornalistas em Assessoria de Imprensa (ENJAI) 36º Congresso Estadual dos Jornalistas 63ª Feira do Livro de Porto Alegre aceg acordo coletivo Artigos assembleia assembleia geral de previsão orçamentária para 2018 assembleia legislativa audiência pública Campanha de Negociação Coletiva 2014 Caxias do Sul chaparini cinebancários cinema comdim Comitê Gaúcho do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação comunicação Concursos Concurso TVE e FM Cultura Conferência Livre de Comunicação em Saúde congresso nacional dos jornalistas convênios corsan cultura curso de extensão cursos CUT cutrs debate delegacia regional delegado sindical diretas já EBC Edital eleição Eleição SINDJORS 2016 Encontro Gaúcho pelo Direito à Comunicação Entrevistas evento Exposição falecimento Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) FENAJ FNDC fotografia frei Sergio Görgen, Josi Costa e Leila Denise Meurer Frente Jurídica em Defesa das Fundações fundação piratini fundações fórum social das resistências greve dos Servidores greve geral GREVE NACIONAL grupo rbs imprensa I Seminário Estadual Saúde do Trabalhador jornalismo Jornalismo e o golpe na política Jornalismo na Mídia Juremir Machado da Silva, Denise Mantovani e Moisés Mendes livro matheus chaparini Michel Temer Moisés Mendes, Juremir Machado da Silva e Denise Mantovani Morre jornalista Fernando Goulart, em Porto Alegre mulher Notas Oficiais núcleo de aposentados ocupação palestra paulo pimenta pec 241 Piratini (TVE e FM Cultura) porto alegre previdência prêmio Prêmios Jornalismo record reforma da previdência reforma trabalhista revolução russa rio grande salário sartori seminário sindbancários Sindicato sindicato de São Paulo sindicato Distrito Federal sindjors SOS SINDJORS TVE e FM Cultura Vagas de Emprego versão dos jornalistas violência violência policial Vitória (ES)

Imposto Sindical - GRCSU

 

Mensalidades do Sócio - Pagamento de Mensalidade SINDJORS

Subir