Detalhes Notícia


SindjoRS, dentro da programação dos seus 80 anos, promove ações no mês da Consciência Negra

 

O Sindicato de Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SindjoRS) dando prosseguimento as comemorações dos 80 anos da entidade – que estão previstas para durar um ano, e por meio do seu Núcleo dos Jornalistas Afro-brasileiros vem participando ativamente do Novembro Negro Unificado. No âmbito desta participação destacamos quatro atividades: Marcha Independente ZUMBI DANDARA, 20, Roda de Conversa sobre “Comunicação Antirracista e a Construção de Diretrizes”, 22, Roda de Diálogo: Uma Comunicação Pública com as Mulheres Negras, 22, e “Conversa com Basília Rodrigues”, 24. O mês da consciência negra tem uma importância vital na promoção de discussões e ações nos mais diferentes fóruns da luta das e dos negra(o)s brasileira(o)s no combate ao racismo e as desigualdades sociais no Brasil, como também é um importante vetor de divulgação e celebração da cultura afro-brasileira. Neste mês uma das datas importantes é o dia 20 de novembro que é o Dia Nacional da Consciência Negra e de Zumbi. É de suma importância que diferentes grupos do movimento Negro do Rio Grande do Sul se aliem em torno do bem comum. “Nota-se um crescente discernimento das lutas do movimento negro em prol de uma sociedade mais justa e igualitária” afirma a diretora do SindjoRS e coordenadora do Núcleo dos Jornalistas Afro-brasileiros do Sindicato, Jeanice Dias Ramos.

 

A Marcha Independente ZUMBI DANDARA, em sua 51ª edição, busca visibilizar e denunciar o racismo estrutural da sociedade brasileira. Este ano o lema é: “Enquanto houver racismo, não haverá democracia! Ditadura Nunca Mais!”. A concentração da Marcha Independente ZUMBI DANDARA, que ocorrerá dia 20 de novembro, será às 16 horas, no Largo Zumbi dos Palmares, em Porto Alegre.

 

A “Roda de Conversa sobre Comunicação Antirracista” que será promovida pelo SindjoRS em parceria com o Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do RS – Sindjus, buscará debater a comunicação antirracista e a construção de diretrizes de luta. O evento ocorrerá no dia 22 de novembro, terça-feira, às 14 horas no auditório do Sindicaixa – Rua da República, 92, Cidade Baixa. Participam da Roda de Conversa a jornalista Jeanice Dias Ramos, representando o SindjoRS, e o publicitário e gestor de mídias sociais Caique Oliveira. O evento é aberto aos coletivos de comunicação e assessorias sindicais do RS e dos Movimentos Sociais de negros e negras.

 

O terceiro evento promovido será “Conversa com Basília Rodrigues” e ocorre no dia 24 de novembro e, neste diálogo, a jornalista, que é analista de política da CNN Brasil, fará uma análise da conjuntura política atual e debatera sobre a mídia e o racismo. A Live terá a mediação de Jeanice Dias Ramos e a coparticipação de Eduardo Silveira, de Eliane Silveira, de Isabel Clavelin e de Mônica Cabanas, todas e todos diretores do SindjoRS, podendo ser assistida pelos canais on-line do Sindicato (Facebook e YouTube).

 

Contamos um pouco sobre Basilia Rodrigues: formada em Jornalismo e graduanda de Direito e atualmente uma das 99 jornalistas essenciais do Twitter de acordo com a Revista Bula. Venceu duas vezes o Troféu Mulher Imprensa, como melhor repórter de rádio, em 2018 e 2020, por sua participação na rádio CBN, do Grupo Globo, onde trabalhou por 12 anos. Neste ano, foi indicada ao mesmo Troféu pela terceira vez, pela sua atuação na CNN Brasil, onde trabalha desde o lançamento do canal. Conquistou o Prêmio Analistas, em 2021 e em 2022, na categoria jornalista de Política. Ficou em segundo lugar no Prêmio Comunique-se e também no prêmio Na Telinha, do UOL, ambos na categoria melhor analista de política. No fim de 2021, Basília Rodrigues passou a integrar a lista de +Premiados da Imprensa Brasileira, entre os profissionais do Centro Oeste. Além da experiência em reportagem, análise e consultoria política, a jornalista participa de treinamento de mídia, palestras e média debates.

 

Roda de Diálogo: Uma Comunicação Pública com as Mulheres Negras e uma iniciativa de Mulheres Negras Brasileiras ocorrerá no dia 22 de novembro, às 18 horas, via Zoom. A jornalista e integrante da direção do SindjoRS, Isabel Clavelin, participará do evento que tem como público alvo os movimentos de mulheres negras, mídia negras, mídias comunitárias e grupos, coletivos, agências e produtores de comunicação lideradas por mulheres negras. “Neste Novembro Negro, vamos trazer novamente o debate sobre comunicação pública e enfrentamento do racismo no Brasil. Mídias públicas somente farão comunicação pública se forem plurais acerca dos conteúdos, profissionais e audiências. Temos de resgatar que comunicação pública não é somente a Empresa Brasil de Comunicação, mas um sistema composto por empresas e instituições jornalísticas educativas, legislativas e judiciárias. Isso se refere a pautas, programas, equipes e aferição de qualidade com as audiências acerca da pluralidade racial, de gênero, regional, entre outras. Para além disso, o debate sobre comunicação pública também coloca em perspectiva o sistema de mídia privado no Brasil, que se vale de concessões públicas que é decupado da sua finalidade concessionária pública por interesses e negociações econômicas, políticas e religiosas”, comenta Isabel.

 

Em ano que completamos 80 anos de existência é importante contar um pouco da história do Núcleo dos Jornalistas Afro-brasileiros. Criado há 21 anos no âmbito do SindjoRS, o Núcleo nasceu com o objetivo de dar suporte aos jornalistas negros que vieram participar do Fórum Social Mundial, em Porto Alegre. Desde a criação do Núcleo participaram as jornalistas Jeanice Dias Ramos e Santa Irene Lopes (falecida em 2021), posteriormente integrou o Grupo a jornalista e ex-presidenta do SindjoRS, a jornalista Vera Daisy Barcellos.

 

Quem são estas três mulheres jornalistas do Núcleo:

Jeanice Dias Ramos é Diretora do Sindicato de Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul, gestão 2022/2025, onde segue atuando e coordenando o Núcleo, também é Bibliotecária e Museóloga, Especialista em Estilo Jornalístico (PUC), Projetos Sociais e Culturais (UFRGS) e Gestão em Políticas Públicas com Ênfase em Igualdade Racial e Gênero (PUC) e faz parte do Grupo de Trabalho Angola Janga. É membro da Marcha Mundial de Mulheres, sessão Rio Grande do Sul (MMM), e colaboradora do Instituto Histórico do Rio Grande do Sul (IHGRGS).

 

Vera Daisy Barcellos foi a primeira presidente negra do SindjoRS, sendo uma profissional com uma longa lista de prêmios e homenagens – a última nesta semana quando recebeu homenagem pela trajetória na crônica esportiva do Estado da Associação de Cronistas Esportivos de Porto Alegre (ACEG) onde foi precursora como mulher nas coberturas esportivas. Vera Daisy também exerceu suas atividades em diferentes redações da capital, como também do interior do RS, e participa ativamente de diferentes grupos e organizações de luta pela igualdade de raça e gênero.

 

Santa Irene Lopes “In memoriam” foi tesoureira do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Porto Alegre (COMDIM/POA), Coordenadora de Comunicação do Fórum de Mulheres do Mercosul-RS, Assistente da Coordenação Nacional das Mulheres do Fórum Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional dos Povos Tradicionais de Matriz Africana/RS e militante dos movimentos feministas e de esquerda. Também trabalhou no jornal Correio do Povo de Porto Alegre (texto construído com Informações de Carla Seabra).

 

Texto: Mônica Cabanas/Diretoria SindjoRS

 

Leia também:

CUTRS – Atos celebram 20 de novembro e levam pauta do antirracismo ao governo Lula

 

 

 

Tags: 20 de Novembro - Brasil de Fato RS - Central Única dos Trabalhadores RS - CUT-RS - Dia Nacional da Consciência Negra e de Zumbi - Federação de Jornalistas da América Latina e Caribe - Federação Internacional dos Jornalistas - Federação Nacional dos Jornalistas - FENAJ - FEPALC - FIJ - Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) - jornalismo - jornalistas - Núcleo dos Jornalistas Afro-brasileiros - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS - SINDJORS
Cadastrada em 18/11/2022


Clicando em "Aceito todos os Cookies", você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a experiência e navegação no site.