Detalhes Notícia


Desafios da mídia e da comunicação na democracia serão temas de debates no Fórum Social Mundial

Em alta nos últimos anos, violência contra jornalistas será um dos temas discutidos - SJPDF/Divulgação

Confira as atividades presenciais e virtuais que estão previstas para ocorrer ao longo desta semana

 

A mídia e a comunicação estarão em debate nesta semana em diversas atividades do Fórum Social Mundial, que inicia hoje (23) e vai até sábado (28), em Porto Alegre, com o tema “Outro mundo é possível: democracia, direitos dos povos e do planeta”. Organizações de todo o país promovem as atividades, que trazem à reflexão temas como a importância da comunicação para a democracia, democratização da comunicação, participação social e combate à violência e à desinformação.

 

:: Fórum Social Mundial começa na segunda-feira (23) com cerca de 1,5 mil inscritos ::

 

Confira as atividades previstas:

 

“Violência contra jornalistas e o papel da comunicação na democracia”

O debate a “Violência contra jornalistas e o papel da comunicação na democracia” ocorre nesta terça-feira (24), às 9h, em formato virtual. A proposta é uma organização do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS (SindJoRS) e do portal de notícias InfoSindicais.

 

A atividade tem como entidades convidadas o Sindicato dos Radialistas do Rio Grande do Sul, representado pelo seu presidente, Ricardo Malheiros, e a Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado (Arfoc/RS), que também será representada pelo seu presidente, Rodrigo Ziebell. A editora do Brasil de Fato RS e diretora do SindJoRS Katia Marko será a integrante do sindicato indicada para discutir sobre o tema e a mediação terá coordenação de Fabrício Rocha, do InfoSindicais.

 

O evento será transmitido, ao vivo, na página do Facebook do portal de notícias InfoSindicais e terá transmissão cruzada nas redes sociais das entidades envolvidas.

 

“O que as Rádios Comunitárias querem do governo Lula”

Também na manhã desta terça (24), às 9h, a Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (Abraço Brasil) e Abraços estaduais promovem o debate “O que as Rádios Comunitárias querem do governo Lula” no Auditório do SindBancários (Rua General Câmara, 424). A atividade será transmitida pelo Twitter da Abraço Brasil e pelas redes sociais do Fórum Nacional pela Democratização da Democratização (FNDC): Página no Facebook e Canal no Youtube.

 

Para falar sobre o tema, estão convidados Geremias dos Santos, presidente da Abraço Brasil e Secretário de Políticas Públicas do FNDC; Ailtton Santos, diretor jurídico da Abraço Brasil e presidente da Associação Rondoniense de Radiodifusão Comunitária e Educativa (Abraço Rondoniense).

 

“Sem comunicação democrática não existe democracia de verdade”

O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), entidades sindicais, associações e movimentos sociais promovem, nesta terça-feira (24), das 14h às 17h, a roda de diálogo “Sem comunicação democrática não existe democracia de verdade”, no auditório do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre (Rua General Câmara, 424 – Centro Histórico de Porto Alegre). A atividade é presencial e vai contar com transmissão online.

 

Haverá espaço para falas das representações que apresentaram uma carta com as demandas dos movimentos sociais, que será entregue para a Secretaria de Comunicação Social (Secom) do governo Lula. O debate vai contar com falas da representante da Secom, Samara Castro, diretora de Promoção da Liberdade de Expressão, da Secretaria de Políticas Digitais, e da ex-presidenta do Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), cassado após o golpe de 2016, Rita Freire.

 

A transmissão será pelas redes sociais do FNDC: Página no Facebook e Canal no Youtube.

 

Esta é uma promoção das seguintes entidades: Coletivo Comunicação Colaborativa: Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), ABRAÇO RS e Brasil, Associação Catarinense de Rádios Comunitárias, Brasil de Fato/Rede Soberania, Ciranda, CUT/RS – Central Única dos Trabalhadores RS, Coletivos de Raros e PCDS da EBC, DiraCom – Direito à Comunicação e Democracia, FENAJ, FITTEL, FITRATELP, Fórum Latino-Palestino, INTERVOZES, Instituto Parrhesia Erga Omnes/Parrhesia rádio Web, Jornal O Coletivo, Jornal dos Trabalhadores, MEMO – Monitor do Oriente Médio, MNRC – Movimento Nacional de Rádios Comunitárias, NPC – Núcleo Piratininga de Comunicação, Ouvidoria Cidadã da EBC, Rádio Ferrabraz FM, RED (Rede Estação Democracia), Raízes Web rádio, SindBancários de Porto alegre, SINDJORS – Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS, UBM – União Brasileira de Mulheres, UFBA – Universidade federal da Bahia, Centro de Estudos da Midia Alternativa Barão de Itararé, Jornalistas Livres, Pão com Ovo.

 

“Gênero e Cotas: vozes silenciadas na cobertura da mídia”

Também na terça, às 14h, o Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social promove o debate online “Gênero e Cotas: vozes silenciadas na cobertura da mídia”, conduzido pelas jornalistas e pesquisadoras Aline Braga e Mônica Mourão. Ambas são associadas do Intervozes e coordenam as pesquisas “Vozes Silenciadas: a cobertura da mídia sobre as Leis de Cotas” e “Vozes Silenciadas: a cobertura da mídia sobre os direitos sexuais e direitos reprodutivos”, respectivamente.

 

O debate será transmitido pelo canal do Intervozes no YouTube e na página do Facebook.

 

Pré-lançamento do livro “Quem controla a mídia? Dos velhos oligopólios aos monopólios digitais”

Ainda na terça, a partir das 14h, o Intervozes faz o pré-lançamento do livro “Quem controla a mídia? Dos velhos oligopólios aos monopólios digitais”, que conta com dez artigos de pesquisadores de diferentes áreas. Além de detalhar agentes e processos que obstruem a efetivação do direito à comunicação, o livro indica caminhos para multiplicar vozes na esfera pública, motivando diálogo, diversidade e pluralidade.

 

A atividade será presencial, na Assembleia Legislativa do RS, contará com a participação do geógrafo, associado do Intervozes e um dos pesquisadores do livro, Iago Vernek. No dia seguinte, 25, o livro ficará disponível para venda na banquinha do Fórum. O material também pode ser adquirido pelo site da Editora Veneta.

 

“Educação midiática e combate à desinformação nos espaços de participação e controle social”

Na quarta-feira (25), às 9h, o Intervozes promove a roda de conversa “Educação midiática e combate à desinformação nos espaços de participação e controle social”, que acontecerá no auditório do SIMPA (Rua João Alfredo, 61 – Cidade Baixa). A atividade será em modo presencial.

 

“Democracia participativa e Controle Social”

Na sexta-feira (27), a partir das 14h, a mesa de convergência 7 do Fórum Social Mundial reúne representantes de diversas entidades e movimentos sociais que vão trazer suas visões sobre a temática. Com o título “Democracia Participativa e Controle Social”, será realizada no auditório Dante Barone da Assembleia legislativa do RS.

 

A atividade inicia com o lançamento do documentário “O terceiro ato”, que marca os 20 anos de atuação do Brasil de Fato, apresentado pelo editor do jornal Glauco Faria. Com direção de José Eduardo Bernardes e com 15 minutos de duração, o curta retrata janeiro de 2023: Luiz Inácio Lula da Silva chega ao terceiro mandato como Presidente da República. A posse histórica, que seria o início da reconstrução de um Brasil fraturado é ameaçada pela destruição dos símbolos da democracia e uma tentativa de golpe. O Brasil de Fato foi lançado no Fórum Social Mundial no dia 25 de janeiro de 2003, em uma solenidade histórica.

 

Na formação da mesa de debatedores estarão dois representantes da comunicação que trarão suas contribuições sobre a área: Raquel Baster, do Intervozes, e Admirson Medeiros Ferro Junior (Greg), do FNDC.

 

A mesa terá transmissão ao vivo pelo canal da Assembleia Legislativa do RS.

 

Redação Brasil de Fato | Porto Alegre | 23 de Janeiro de 2023 às 16:14 | Edição: Katia Marko

 

 

Tags: Brasil de Fato RS - Central Única dos Trabalhadores RS - CUT-RS - Federação de Jornalistas da América Latina e Caribe - Federação Internacional dos Jornalistas - Federação Nacional dos Jornalistas - FENAJ - FEPALC - FIJ - Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) - jornalismo - jornalistas - Sindicato dos Bancários de Porto Alegre - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS - SINDJORS
Cadastrada em 23/01/2023


Clicando em "Aceito todos os Cookies", você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a experiência e navegação no site.