-->

Detalhes Notícia


SINDJORS reconhece o trabalho de seu ex-diretor Willy Cesar, falecido hoje

Foto: Daniel Giannechini/divulgação

Willy Cesar Rodrigues Ferreira, jornalista, escritor, biógrafo, documentarista e sindicalista. O profissional, que faleceu hoje em Rio Grande, é muito maior do que este currículo conhecido fora dos limites de sua cidade. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS), que lamenta profundamente sua morte, reconhece o seu grande trabalho como delegado regional e diretor durante duas décadas. Em uma das ocasiões (2001-2004), foi segundo-vice-presidente, tornando-se o primeiro jornalista do Interior do Estado a integrar a Executiva da entidade. “Ele abriu espaço para os profissionais que não atuavam na capital. Tudo porque tinha um espírito extremamente agregador, era afável e trabalhava pela unidade da direção”, destaca o presidente da época, José Carlos Torves.

O jornalista tinha 61 anos e foi vítima de câncer, doença que testou e confirmou o seu espírito guerreiro. “Ele não desistiu nunca. Sempre acreditou que se recuperaria para tocar novos projetos”, revela a integrante da Comissão de Ética do SINDJORS, Julieta Amaral, que também fez carreira em sua cidade natal. “Ele era um líder e um agregador. Agora, a ‘quadrilha’ está desfeita”, lamenta, referindo-se ao grupo integrado por ela, por Willy Cesar e pelos colegas Célio Soares e Rosana Borges Leite, que se reunia semanalmente para um cafezinho.

Willy Cesar era formado pela Universidade Católica de Pelotas (UCPEL). Atuava em jornalismo desde 1974, na cidade do Rio Grande, onde nasceu e sempre residiu. O começo foi em outubro de 1974, com a publicação do seu primeiro trabalho, o jornalzinho Atocha, pelo grêmio estudantil da escola. Trabalhou como jornalista no jornal Agora (1979), na Rádio Minuano (1981 a 1982), nas assessorias de Comunicação Social da Fundação Universidade Federal do Rio Grande – FURG (de 2001 a 2005); na Empresas Petróleo Ipiranga (1986 a 1996); na Prefeitura do Rio Grande (1997 a 2001) e na Festa do Mar (1991 a 1992 e 2006 a 2007). Para a TV FURG, produziu e apresentou 22 documentários sobre a história da cidade e do cinema, entre 2003 e 2004. Para a RBS TV Porto Alegre, fez a pesquisa para o episódio “Na rota dos imperadores”, da série Histórias Extraordinárias em 2009.

Como escritor, Willy Cesar escreveu diversas obras, com destaque para A Cidade do Rio Grande – do Big Bang a 2015 -, retratando como se deu a fundação, formação e organização da cidade-mãe da Zona Sul fundada em 1737. Com 540 páginas, sendo 32 com fotos, a obra é recheada de curiosidades, história e controvérsias. A obra também descreve a colonização do Rio Grande do Sul, as dimensões da praia do Cassino, a origem do nome do Estado gaúcho e do marquês de Tamandaré.

No livro O Pescador, com 376 páginas, o jornalista biografou Francisco Martins Bastos, ou Chico Bastos, como era conhecido o uruguaianense pioneiro da indústria de refino de petróleo no país e idealizador da Empresas Petróleo Ipiranga, um dos maiores grupos privados nacionais da década de 80. Um século de futebol popular: a história do Sport Club São Paulo foi outra de Willy Cesar. Com 408 páginas, o livro procura documentar um século de história do clube popular e traz relatos ainda pouco conhecidos da maioria dos torcedores rubro-verdes.

O reconhecimento ao jornalista-escritor chegou no início do ano passado. Willy Cesar foi patrono da 44ª Feira do Livro da FURG, realizada de 26 de janeiro a 5 de fevereiro no Balneário Cassino. Julieta lembra que o colega ficou muito feliz, compareceu a todos os dias da mostra e mostrou-se sempre solícito com os leitores. Assim foi em todos os lugares para os quais foi convidado em sua vida.

O jornalista, escritor e historiador Willy César Ferreira está sendo velado na Capela 1 da Funerária Rio Grande, na Rua Visconde de Paranaguá, em frente ao Hospital Universitário da FURG. O sepultamento acontecerá às 17 horas desta sexta-feira.

Fonte: Imprensa/SINDJORS

Tags: biógrafo - documentarista e sindicalista - escritor - Jornalista - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS) - Willy Cesar Rodrigues Ferreira
Cadastrada em 25/05/2018