-->

Detalhes Notícia


SINDJORS: intransigente no combate à violência contra jornalistas

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS) publicou na sexta-feira, 1° de junho, matéria em que a entidade e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) condenam as agressões físicas e morais sofridas por profissionais durante a cobertura das greves dos últimos dias. O Sindicato se solidarizou e colheu depoimentos de quatro colegas que atuam em veículos do Rio Grande do Sul, mostrando a realidade que enfrentaram: Jonas Campos, da RBSTV, Cristiano Dalcin, da Record TV RS, Luciane Kohlmann, do SBT RS, e Marcelo Casagrande, do Jornal Pioneiro.

 

Em um de nossos espaços da Internet, recebemos com satisfação a manifestação do colega Jonas: “FENAJ e SINDJORS captaram a preocupação dos jornalistas com tudo que aconteceu nos últimos dias e reforçaram a missão na defesa da nossa profissão. Não podemos apanhar calados, não é certo, não é justo, é inadmissível. Reações assim podem contribuir para, quem sabe, pôr um freio nisso tudo. Obrigado FENAJ e SINDJORS.”

 

O Sindicato dos Jornalistas reitera a solidariedade aos colegas agredidos e destaca que sempre foi sua missão e obrigação defender e zelar pela segurança dos profissionais, filiados ou não, em situações de violência.

 

Fonte: Imprensa/SINDJORS

Tags: agressões físicas e morais sofridas por profissionais durante a cobertura das greves - Cristiano Dalcin - da RBSTV - da Record TV RS - do Jornal Pioneiro - do SBT RS - e Marcelo Casagrande - Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) - Jonas Campos - Luciane Kohlmann - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS)
Cadastrada em 02/06/2018