Detalhes Notícia


Patronal apresenta somente o INPC para reposição no salário dos jornalistas

Na primeira rodada de negociações entre o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS (SINDJORS) e os sindicatos patronais (Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão no Estado do Rio Grande do Sul e Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais – SindRádio) foi feita uma proposta de reposição do INPC do período, que é de 1,76%.

 

“Foi uma lamúria muito grande para justificar um reajuste que não dialoga em nada com a nossa pauta de reivindicações”, afirma o presidente Milton Simas.

 

Ficou agendado que uma segunda reunião acontecerá no dia 9 de agosto, às 14h, na sede do SindRádio. Ao mesmo tempo, o SINDJORS chama a categoria para assembleia de avaliação da proposta apresentada. O encontro está marcado para o dia 31 de julho, a partir das 18h30, na sede do Sindicato.

 

Entre as diversas cláusulas econômicas e sociais aprovadas está o reajuste dos salários pelo índice acumulado do INPC/IBGE de 1,76%, além de aumento real de 5%, sendo 1,5% para compensação pela não concessão da inflação total no acordo anterior e 3,5% por perdas dos últimos anos.

 

Fonte: Imprensa/SINDJORS

Tags: Milton Simas - Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão no Estado do Rio Grande do Sul e Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais – SindRádio - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS (SINDJORS)
Cadastrada em 20/07/2018