Detalhes Notícia


Quarta é dia de negociação e de vestir preto por melhor proposta

A quarta-feira, 19 de setembro, é dia de vestir preto e mostrar nossa insatisfação pela proposta apresentada pela patronal para o acordo de 2018. No mesmo dia, a diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS) mantém nova reunião com os representantes das empresas.

 

A decisão de vestir preto, e também fazer uma parada de 30 minutos  a partir das 14h, horário de início das negociações, foi aprovada na assembleia realizada no dia 1º. “A intenção dos jornalistas com o protesto  é arrancar uma melhor proposta e avançar nas negociações. A categoria já deu sua parte”, afirma o presidente Milton Simas.

 

A decisão da assembleia de fazer um ‘grande intervalo’, coincidindo com o início da reunião entre patronal e o Sindicato, é uma forma criativa com que a categoria pretende protestar por um avanço na proposta. “A intenção é de que ocorra uma ação unificada entre todas as redações”, completa Simas.

 

Além de manter as negociações, os jornalistas gaúchos desejam um reajuste que represente aumento real. A contraproposta das entidades patronais para o acordo coletivo prevê a reposição do INPC do período (1,76%), além de outras cláusulas econômicas e sociais.

 

Fonte: Imprensa/SINDJORS

Tags: presidente Milton Simas - proposta apresentada pela patronal para o acordo de 2018 SINDJORS - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS)
Cadastrada em 17/09/2018