-->

Detalhes Notícia


Sindicato repudia assédio sofrido por colega da Rádio Guaíba

Repórter Laura Gross, da Rádio Guaíba, sofreu assédio antes do jogo entre Inter e River no Beira-Rio | Foto: Arquivo pessoal / Divulgação / CP

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS) repudia e condena o fato ocorrido na quarta-feira, dia 3 de abril, no estádio Beira-Rio envolvendo a jornalista Laura Gross. A colega estava trabalhando na cobertura da partida entre Inter x River Plate, quando foi assediada por um torcedor colorado.

 

“Nossa entidade condena este e qualquer caso de assédio ou machismo. O lugar da mulher é onde ela quiser estar”, afirma o presidente Milton Simas.

 

Leia a íntegra da matéria publica no jornal Correio do Povo clicando aqui.

 

Fonte: SINDJORS

Tags: Jornal Correio do Povo - Laura Gross - Rádio Guaíba - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS)
Cadastrada em 04/04/2019