Detalhes Notícia


Jornalistas gaúchos representados no Congresso Nacional da categoria

Os jornalistas gaúchos estão representados no 38° Congresso Nacional dos Jornalistas, que acontece de 22 a 24/08, na capital cearense, Fortaleza, pela presidenta do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS (SINDJORS) Vera Daisy Barcellos, o 1° Tesoureiro, Milton Simas Júnior e pelos dois integrantes da diretoria da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), Celso Schröeder e José Nunes, ex-presidentes do sindicato.

 

O tema central dos debates neste Congresso é “Afirmar o Jornalismo e o papel dos Jornalistas: função social, viabilidade econômica e desafios da profissão”, reunindo um grande número de profissionais de todo o país.

 

Ao fazer a abertura do Congresso, a jornalista Maria José Braga, presidenta da FENAJ, destacou a luta pela democratização da Comunicação, reafirmou a necessidade de reinvenção dos sindicatos da categoria, resistindo ao momento de crise e de fortes ataques aos Direitos Humanos. O presidente do Sindicato dos Jornalistas do Ceará, Rafael Mesquita, reforçou a necessidade de resistência dos jornalistas e suas representações.

 

Para Maria José, os jornalistas precisam atuar de forma comprometida com a luta dos trabalhadores e trabalhadoras, na busca de condições dignas de vida.

 

O jornalista Laércio Portella, da Agência Marco Zero Conteúdo, que proferiu palestra na sequência da abertura oficial do Congresso, argumentou que o jornalismo feito nas grandes redações de veículos tradicionais carece de reflexões para atender às necessidades de atualização da sociedade. “O mundo do Jornalismo não tem a cultura de discutir o seu próprio fazer.” Ele comentou sobre a defesa da democracia dentro das redações. Portella também alertou para o jornalismo que está sendo feito nas periferias dos grandes centros urbanos, que precisa conter as vozes da população que não é ouvida.

 

NESTA SEXTA-FEIRA
Na programação desta sexta-feira o primeiro painel no início da manhã foi sobre “Comunicação Pública na Era da Hiper informação”, com a participação dos jornalistas Moacir Maia, coordenador da Comunicação Social da prefeitura de Fortaleza; Chagas Vieira, Assessor Especial do governo do Estado do Ceará; e Wilson da Costa Bueno, professor sênior da USP e diretor da Comtexto.

 

O segundo painel realizado no final da manhã desta sexta-feira, contou com a presença de Celso Augusto Schröeder, integrante da Comissão de Ética do RS, diretor da FENAJ e professor da FAMECOS/PUCRS, que vai falar sobre “Internet e a (des)informação: desafios para o presente” (com transmissão publicada na fan page do Sindjors). Está compondo com ele a mesa de debates a jornalista Renata Mielli, coordenadora do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação/FNDC.

 

 

Presidenta Maria José Braga destacando a forte atuação do Sindicato dos Jornalistas do Ceará na concretização deste Congresso Nacional.

 

Mesa de abertura do 38 Congresso Nacional dos Jornalista tendo a liderança da presidenta Maria José Braga e do presidente do Sindicato dos Jornalistas do Ceará, Rafael Mesquita. Na mesa representações da Cultura e dos governos Municipal e do Estado.

 

 

 

 

Fonte: Imprensa Sindjors e Fenaj – Neusa Ribeiro com Vera Daisy Barcellos e Milton Simas

Tags: 38° Congresso Nacional dos Jornalistas - Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS (SINDJORS)
Cadastrada em 23/08/2019