Detalhes Notícia


Representante do Interior assume a função de Primeiro Secretário do Sindjors

O jornalista Roberto Carlos Dias, de Caxias do Sul, assumiu, na quinta-feira (24/10), a função de Primeiro Secretário, na diretoria executiva do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS (Sindjors). Roberto, que foi eleito para o triênio 2019/2022, juntamente com os demais integrantes da diretoria, substitui o jornalista André Simas Pereira que, ao longo dos anos de militância, integrou diferentes cargos na entidade e, agora, solicitou afastamento para se dedicar a novos projetos.

 

De acordo com a presidenta, Vera Daisy Barcellos, André Pereira tem uma história de dedicação à construção do Sindicato e à luta pela democratização da comunicação. “Nos três meses da nossa gestão foi responsável por reiniciar o projeto de memória, arquivo e de reorganização administrativa. E a recuperação da história de 77 anos do Sindjors segue em frente nas suas diferentes etapas”.

 

QUEM É O NOVO SECRETÁRIO

Roberto Carlos Dias, 51 anos, é jornalista diplomado e atua na área, desde 1990. Trabalhou em veículos impressos, como o extinto jornal diário Folha de Hoje e no atual O Pioneiro, do Grupo RBS, onde atuou como repórter, editor e colunista de Política.

 

Atualmente é assessor de imprensa no Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul e Região. Foi delegado regional do Sindjors, na Serra Gaúcha, após ingressou na diretoria geral do Sindicato e, na gestão recentemente eleita, exercia a função de segundo secretário. Além de Jornalismo, Roberto Carlos é formado em História e tem pós-graduação em Comunicação e Estratégia.

 

NOVENTA DIAS DE GESTÃO

No próximo dia primeiro, a diretoria completa 90 dias desde a posse. “Temos trabalhado com tanto afinco que estes três meses passaram rápidos demais”, avalia a presidenta do Sindjors. Entre as iniciativas da gestão atual, Vera Daisy destaca a implantação do Núcleo de Comunicação, que conta com a colaboração de todos da diretoria. As ações já são visíveis, resultando em maior integração com a categoria, redações, sindicatos, universidades e demais trabalhadores e trabalhadoras. Além disso, outro projeto que alcançou repercussão, neste início de gestão, foi o Ciclo de Palestras sobre Fotojornalismo, que reuniu reconhecidos profissionais porto-alegrenses, como Carlinhos Rodrigues, Rogério Soares e Eneida Serrano.

 

A presidenta destaca, ainda, o planejamento estratégico desta nova gestão, que engloba atividades de interiorização, relações com as redações de Porto Alegre e interior, centros acadêmicos, eventos culturais, reciclagem e atualização focadas no mercado de trabalho, considerando as inúmeras demissões de jornalistas que vêm ocorrendo no Estado.

 

Fonte: Imprensa/Sindjors

Cadastrada em 30/10/2019