-->

Detalhes Notícia


Ciclo de Palestras sobre Fotografia do Sindjors não termina na primeira edição

Eneida Serrano concluiu, no último sábado (26), a 1ª Edição do Ciclo de Palestras sobre Fotografia do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul – Sindjors.

 

Dedicada à pesquisa fotográfica, Eneida apresentou osprincipais trabalhos nessa área, envolvendo o resgate dos registros de Lunara (Luiz do Nascimento Ramos) e SiomaBreitman. Os dois foram pioneiros na captura de imagens, no Rio Grande do Sul.  A palestrante é, também, responsável por retratar o Patrimônio Histórico do RS, por meio de ensaios com índios, nas Missões, e o tombamento da cidade de Antônio Prado, pelo IPHAN.

 

Mesmo sendo uma profissional “das antigas”, Eneida não descarta o uso do celular, apresentando ensaios brilhantes, mas ressalta a série de limitações do aparelho. “Quando é necessário, óbvio que pego todo o meu equipamento pesado”.  Para ela, mais do que a ferramenta, a fotografia se forma pelo profissional, o olhar dele e a sensibilidade. “A melhor câmera é a que está sempre com você”, afirma.

 

Na palestra, Eneida destacou, ainda, alternativas de fotojornalismo independente, por meio de projetos culturais e edição de livros. Ela é a autora de publicações como Santa Soja e Ponto de Vista, e suas imagens ilustram outros trabalhos coletivos.

 

 

Além das séries de imagens integrantes de exposições mundiais, os participantes assistiram o curta-metragem “Sioma – O Papel da Fotografia”, de 2014, premiado no Festival de Cinema de Gramado, no mesmo ano.O fotógrafo, nascido na Ucrânia e radicado na capital gaúcha, foi responsável por registrar o cotidiano do Rio Grande do Sul entre os anos 1920 e 1950. Entre as imagens famosas está a da enchente de 1941, em Porto Alegre, quando as águas subiram a Borges de Medeiros e foram até a Rua da Praia.

 

Nas exposições individuais, destaca-se “Respeitável Circo” (1979), “Japão: Impressões Visuais” (1991), e “Terra’ Vista” (1992).

 

Eneida Serrano estudou jornalismo na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, trabalhando em jornais e revistas, como Zero Hora, Veja, IstoÉ, Marie Claire. Também integrou a Cooperativa dos Jornalistas de Porto Alegre – Coojornal (1977/1978).

 

O 1º Ciclo de Palestras de Fotografia foi uma atividade implementada pelo Núcleo de Imagem do Sindjors, coordenado pelo diretor Jorge Leão, que também é o presidente do Foto Clube Porto-alegrense.  Leão considerou positiva esta primeira ação realizada e enfatizou que o grupo já está fazendo o planejamento para o primeiro semestre do próximo ano.

 

“Foi um evento extremamente prazeroso para todas as pessoas envolvidas. Com certeza teremos muitos outros encontros deste porte, com a participação de profissionais consagrados no nosso meio, e ampliando a discussão para dentro das universidades”, finalizou o fotógrafo.

 

Fonte: Fabiane Morais/Imprensa Sindjors

 

Acompanhe a galeria de fotos da atividade (Jorge Leão/Imprensa Sindjors):

 

 

Tags: Eneida Serrano - Foto Clube Porto-alegrense - Jorge Leão - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS)
Cadastrada em 01/11/2019