Detalhes Notícia


Sindjors repudia atitude do Inter de barrar trabalho de repórter após jogo do Gaúchão

Imagem: Reprodução/Twitter

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (Sindjors) lamenta e repudia a decisão do Sport Club Internacional de impedir o trabalho do repórter César Fabris, da Rádio Gre-Nal. O profissional foi proibido de participar da coletiva do técnico do clube, Eduardo Coudet, após o jogo com o Esportivo, em Bento Gonçalves, na noite de sábado. A razão para o veto, que partiu da assessoria do clube , seria porque Fabris é declarado torcedor do Grêmio.

 

A atitude do Internacional revela uma postura preconceituosa, intimidatória e de censura, inadmissíveis para uma agremiação que tem, entre seus slogans, Clube do Povo.

 

O Sindjors se solidariza com o colega e deseja que a diretoria do Inter revise sua postura; e não tenhamos mais que conviver com tais atitudes, que em nada contribuem para o estado democrático que defendemos e vivemos no Brasil.

 

Fonte:  Imprensa Sindjors

 

 

Tags: César Fabris - impedir o trabalho do repórter - Rádio Gre-Nal. - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul - SINDJORS
Cadastrada em 27/07/2020