Detalhes Notícia


Jornalista Regina Andrade é mais uma vítima da Covid-19

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS – Sindjors lamenta a morte da jornalista Regina Andrade, por complicações provocadas pela Covid-19. Regina atuou, dentre outros, no Correio do Povo e na Câmara Municipal de Porto Alegre.

 

Natural de São Gabriel, Regina era formada em Jornalismo pela Ulbra e trabalhava de forma remota, em função da pandemia. Para amigos e familiares, ela era a Pity, que sempre tinha uma palavra de alegria e força.

 

No dia 24 de fevereiro, Regina anunciou, no facebook, que estava com a Covid-19. Ela escreveu: “tudo começou com a tão falada coceirinha na garganta e tosse seca na semana passada. Fiquei uns três dias assim e segunda-feira o quadro evoluiu para dor de cabeça, dor na nuca e náusea. No dia seguinte comecei com um quadro de febre. […]. Pessoal, a sensação é muito louca quando se recebe o resultado, pois uma coisa é tu imaginar que possa ter e outra é ter certeza que tem”. Depois de 36 dias, Regina não resistiu, e morreu, vítima das complicações provocadas pela Covid-19.

 

O Sindjors se coloca ao lado dos familiares, neste momento de profunda tristeza.

 

Texto: Carla Seabra/Diretoria Sindjors

 

Tags: Federação Internacional dos Jornalistas - Federação Nacional dos Jornalistas - FENAJ - FIJ - jornalismo - jornalistas - Regina Andrade - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS - SINDJORS
Cadastrada em 06/04/2021