Detalhes Notícia


Prorrogado prazo para pesquisa sobre trabalho dos jornalistas na pandemia

Prorrogado, até o dia 16 DE ABRIL, o prazo para que os jornalistas respondam a uma pesquisa eletrônica que pretende verificar como têm sido as condições de trabalho dos jornalistas do Rio Grande do Sul, durante a pandemia do novo Coronavírus.

 

O resultado dos três questionários vai nortear a Pauta de Reivindicações da Campanha Salarial 2021-2022 do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS – Sindjors. Alguns jornalistas foram demitidos, outros tiveram seus contratos de trabalho suspensos e outros, ainda, passaram a trabalhar com jornada e salário reduzidos.

 

São três questionários, cada um se adapta a uma situação vivida pelos(as) jornalistas. Para responder, clique abaixo:

 

DEMITIDO, CONTRATO SUSPENSO OU COM REDUÇÃO DE JORNADA E SALÁRIO
https://forms.gle/TjGEmAztqf94w1Nf8

 

COM REDUÇÃO DE JORNADA E SALÁRIO
https://forms.gle/KcZeGvBcA9mgV3ue7

 

EM REGIME DE TRABALHO PRESENCIAL NOS LOCAIS DE TRABALHO E NA REPORTAGEM DE RUA
https://forms.gle/imnxVGt9U6EPshVB7

 

A data-base dos jornalistas é 1º de junho, mas precisamos, até lá, construir, adaptar, modificar ou inserir novas cláusulas, atendendo às necessidades da categoria, dentro do quadro extraordinário de trabalho imposto pela disseminação do Vírus Covid 19.

 

Responda à pesquisa até o dia 16 de abril próximo, participe efetivamente da nossa campanha, cujo slogan é JORNALISMO ESSENCIAL EXIGE RESPEITO À VIDA E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL, e ajude a divulgar.

 

Texto: Rosa Pitsch/Diretoria Sindjors

 

Tags: Federação Internacional dos Jornalistas - Federação Nacional dos Jornalistas - FENAJ - FIJ - jornalismo - jornalistas - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS - SINDJORS
Cadastrada em 09/04/2021