-->

Detalhes Notícia


SINDJORS exige apuração de agressão a repórter

divulgação

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do RS (SINDJORS) manifesta sua solidariedade à jornalista Débora Ely e seu veemente repúdio pelas agressões sofridas pela profissional no exercício de sua atividade hoje, 23, em Passo Fundo. Também exige que as autoridades públicas constituídas ajam com rigor para apurar as devidas responsabilidades. Grupos antidemocráticos organizados e armados têm agido com violência e intolerância em outros locais do trajeto da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no estado, provocando extrema preocupação nos gaúchos acerca dos perigos do acirramento das relações em sociedade marcadas pelo aumento do ódio fomentado por tais setores, que já causaram graves ferimentos em manifestantes a favor do ex-presidente.

O SINDJORS alerta que a omissão institucional diante de episódios de cerceamento da liberdade de expressão pode encorajar novos e irreversíveis ataques à democracia com danos às pessoas que arrisquem ao direito constitucional da livre manifestação.

Fonte: Imprensa/SINDJORS

Tags: Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do RS (SINDJORS)
Cadastrada em 23/03/2018