-->

Detalhes Notícia


Assembleia Legislativa investigará ameaças contra diretor do SINDJORS

Foto: Marcelo Bertani/Agência ALRS

A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa acatou a denúncia do SINDJORS de ameaças e intimidações que um integrante de sua diretoria tem recebido por parte de representantes da extrema direita em Caxias do Sul. A reunião ocorreu na manhã desta quarta-feira, dia 4, e contou com a presença do presidente Milton Simas.

O jornalista Roberto Carlos Dias, que integra a direção do SINDJORS, registrou o caso à Polícia Civil. A perseguição se iniciou após postar, em sua conta pessoal no Facebook, posição contrária às manifestações de extrema direita que fomentam a onda de ódio e intolerância que cresce no país.

Episódios de agressões presenciais e nas redes sociais têm preocupado a direção da entidade, que exige providências das autoridades constituídas para preservar o estado constitucional do direito e do livre exercício da democracia em nossa sociedade.

“Repudiamos toda forma de ataques e ameaças que ferem a liberdade de expressão, de opinião e de pensamento”, afirma Simas.

Fonte: Imprensa/SINDJORS

Cadastrada em 04/04/2018