Detalhes Notícia


Brasil de Fato RS é premiado no 1º Prêmio Sintergs de Jornalismo na categoria Fotografia

Fotógrafo Jorge Leão ao lado da editora do BdFRS, Katia Marko (esq.), e da presidenta do Sindjors, Vera Daisy Barcellos (dir.), que fez parte da comissão julgadora - Foto: Andréa Graiz

Fotógrafo Jorge Leão ficou na 3ª colocação com foto de capa do jornal que tratou dos prejuízos da reforma Administrativa

 

O 1º Prêmio Sintergs de Jornalismo rendeu premiação ao Brasil de Fato RS na categoria Fotografia, com a foto de Jorge Leão que ilustrou a capa do jornal impresso que tratou dos prejuízos da reforma Administrativa à população. O fotógrafo recebeu o troféu de terceiro lugar na noite desta quinta-feira (12), em cerimônia na sede do sindicato, em Porto Alegre.

 

Além da Fotografia, o prêmio do Sindicato dos Servidores de Nível Superior do RS (Sintergs) contou com as categorias Impresso, On-line e Eletrônico. As três primeiras colocações em cada categoria receberam um troféu e um valor em dinheiro. Confira os vencedores de cada categoria no final desta matéria.

 

Presente na premiação, a editora do Brasil de Fato RS, Katia Marko, afirma que 1º Prêmio Sintergs de Jornalismo mostra que é possível construir iniciativas que valorizem o jornalismo baseado na ética e no comprometimento com uma sociedade melhor para todos e todas.

 

“Foi com muita alegria que recebemos a indicação do fotógrafo Jorge Leão pela foto da capa do nosso jornal impresso sobre a reforma Administrativa. Esse reconhecimento só nos fortalece e anima para continuarmos nessa caminhada que não é fácil, mas urgente e necessária para vencermos estes tempos de profundo ataque à vida. Em nome de toda a equipe do Brasil de Fato RS, agradecemos o Sintergs e ao nosso parceiro Jorge Leão”, celebra.

 

O fotógrafo Jorge Leão conta estar “feliz da vida” com o reconhecimento. “Reforço a importância do veículo de imprensa sério como o Brasil de Fato em uma era fake news, porque aqui há credibilidade, vejo isso nas pautas que faço”, afirma. Sobre a foto premiada, pontua que ela ilustra o cenário das graves consequências da reforma para a população. “Me orgulho muito ser premiado com uma foto e uma matéria tão diretas”, conta.

 

Jornal com a foto de capa de Jorge Leão que ganhou o prêmio / Reprodução

 

A presidenta do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS (Sindjors), Vera Daisy Barcellos, destacou a importância da premiação. “O Prêmio Sintergs de Jornalismo foi uma brilhante iniciativa do sindicato que abriga mais de cinco mil servidores que se apresentam nos diferentes campos de atuação do Estado. Significou a valorização das ações do serviço público e, em especial, ressaltou a atuação dos profissionais da imprensa e, igualmente, fotógrafos pelos seus olhares e observações diferenciados”, afirma.

 

Segundo o Sintergs, o objetivo do concurso foi valorizar reportagens e fotografias que mostrem a importância do serviço público e, em especial, do trabalho dos servidores do estado. “A missão do jornalismo de informar as pessoas ganha cada vez mais relevância nestes tempos obscuros de propagação de inverdades. Com a criação do prêmio, reforçamos nosso apoio ao jornalismo sério e comprometido”, disse Antonio Augusto Medeiros, presidente do Sindicato dos Servidores de Nível Superior do RS (Sintergs), durante o evento.

 

O fotógrafo Jorge Leão recebeu o troféu de terceiro lugar / Foto: Andréa Graiz

 

Conheça os vencedores do 1º Prêmio Sintergs de Jornalismo:

 

Categoria On-line

 

1º lugar
Luís Gomes – Sul21
Trabalho: Desde 2016, RS perdeu 17,6% de servidores na ativa: ‘Estado não quis ficar comigo’

 

2º lugar
Danton Júnior e Carolina Pastl – Correio do Povo
Trabalho: Colmeias ameaçadas

 

3º lugar
Eduardo Pinzon – GauchaZH
Trabalho: Por que Porto Alegre tem uma das maiores taxas de infecção por sífilis do Brasil

 

Categoria Eletrônico

 

1º lugar
Tércio Saccol – podcast Bendita Sois Vós
Trabalho: Servidores públicos entre a exaustão e a retórica

 

2º lugar
Eduardo Matos – Rádio Gaúcha
Trabalho: Desarticulada quadrilha que vendia carne de cavalo como se fosse de gado no RS

 

3º lugar
Rodrigo D’avila – Rádio Comunitária, de Frederico Westphalen
Trabalho: Um sentinela em defesa da saúde dos gaúchos

 

Categoria Fotografia

 

1º lugar
Jefferson Botega – Zero Hora
Trabalho: Refúgio Cinzento

 

2º lugar
André Ávila – Zero Hora
Trabalho: Patrimônio Intocado

 

3º lugar
Jorge Leão – Brasil de Fato RS
Trabalho: Veja como você vai pagar a conta da reforma administrativa

 

Categoria Impresso

 

1º lugar
Mauren Xavier – Correio do Povo, caderno + Domingo
Trabalho: Descrença na carreira – Ainda vale a pena ser servidor público?

 

2º lugar
Danton Júnior – Correio do Povo, caderno Correio Rural
Trabalho: Abates clandestinos desafiam fiscalização

 

3º lugar
Rafael Gloria – Jornal do Comércio, caderno Viver
Trabalho: Os tesouros da Biblioteca Pública do Estado

 

Redação Brasil de Fato | Porto Alegre | 13 de Maio de 2022 às 13:22 | Edição: Katia Marko

 

 

Tags: 1º Prêmio Sintergs de Jornalismo - Brasil de Fato RS - Central Única dos Trabalhadores RS - CUT-RS - Federação Internacional dos Jornalistas - Federação Nacional dos Jornalistas - FENAJ - FIJ - jornalismo - jornalistas - Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS - SINDJORS
Cadastrada em 13/05/2022


Clicando em "Aceito todos os Cookies", você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a experiência e navegação no site.